top of page

Primeira Passarinhada Ecoavis 2024

Abrindo o calendário oficial de atividades em 2024, no dia 24 de fevereiro fomos até o Parque Estadual da Serra do Rola Moça, situado na região metropolitana de Belo Horizonte. Na sua parte baixa entrando pela portaria do Barreiro, trinta e duas pessoas compareceram, entre elas alguns ecoavianos de longa data que andavam sumidos a algum tempo e muitos novatos, o que foi bem legal ter um grupo bastante diverso.


A concentração foi no Centro Integrado de operações do Parque. Aqueles que chegaram mais cedo foram presenteados com a aparição do falcãozinho cauré, que até pousou e possibilitou fotos. Os associados Helberth Peixoto e Juan Espanha deram as boas-vindas e falaram um pouco sobre a Ecoavis e a atividade de observação de pássaros. Fizemos a foto oficial do grupo e pé no Cerrado, sentido cachoeira das pitangueiras.


Imagem 1 – Turma presente no Parque Estadual da Serra do Rola Moça; coruja-buraqueira e cigarra-do-campo  (Fotos: Gabriel Lauci).


Já nos primeiros metros de trilha, uma fêmea de cigarra-do-campo (Neothraupis fasciata) pousada tranquila na ponta de um arbusto, nos brindou permitindo ótima observação e possibilidades de fotos. Como se já não bastasse, um indivíduo jovem e logo depois um macho adulto se juntaram a ela e a família reunida fez pose para a turma toda, só alegria! Essa espécie é endêmica do Cerrado e incomum na região.


A atividade das aves não estava muito grande, o que é normal para essa época do ano, fim do período reprodutivo da maioria das espécies na região. Porém o que estava por vir acho que ninguém imaginava... Períodos de silêncio total (das aves rsrs...), papo vai papo vem, um bicho aqui outro ali. Ouvimos uma maxalalagá (Micropygia schomburgkii), alguns inhambus-chororó (Crypturellus parvirostris) e a meia-lua-do-cerrado (Melanopareia torquata). Esta última foi observada e até fotografada por alguns colegas.


Dois Cuitelões (Jacamaralcyon trydactila) foram ouvidos e observados à distância, responderam ao playback, mas não se aproximaram muito. Mais tarde outro grupo, desta vez com três indivíduos, pousou bem próximo e permitiu ótima visualização e fotos. Bom, mas a grande surpresa e destaque da passarinhada foi, sem dúvida, uma bela fêmea de anambé-branco-do-rabo-preto (Tityra cayana), que apareceu bem ao lado da trilha, quase na altura dos olhos, alimentando-se tranquilamente nos frutos do mandiocão-do-cerrado (Didymopanax macrocarpus). Permaneceu saltando entre os galhos do arbusto e depois parou para ajeitar as penas por um longo período. A turma ficou a poucos metros só aproveitando. Que sorte e que registro! Essa espécie de anambé é rara na região do Quadrilátero aquífero/ferrífero, sendo esse apenas o terceiro registro da espécie no Wikiaves para a região metropolitana de BH e o primeiro para o município de Ibirité.



Imagem 2 – anambé-branco-do-rabo-preto (Foto:Telmo); meia-lua-do-cerrado; choca-de-asa-vermelha (Fotos: Gabriel Lauci); pessoal observando e fotografando as cigarras-do-campo (Foto: Helberth Peixoto).


Outras espécies observadas foram choca-de-asa-vermelha (Thamnophilus torquatus), Choró-boi (Taraba major), uí-pi (Synallaxis albescens), guaracava-de-topete-uniforme (Elaenia cristata), coruja-buraqueira (Athene cunicularia) e saíra-douradinha (Tangara cyanoventris). Alguns também viram e fotografaram as bandoletas (Cypsnagra hirundinaceae), outra espécie muito bonita do Cerrado e a maria-ferrugem (Casiornis rufus).


Pudemos apreciar também diversas plantas do Cerrado com flores e frutos e uma diversidade de borboletas. Por fim, de volta ao Centro Integrado, um show à parte das Seriemas (Cariama cristata), estas muito sujas pelo solo ferruginoso, mas não menos elegantes. Ah, alguns colegas ainda tiveram um brinde no caminho de volta, um simpático tatu-galinha (Dasypus novemcinctus). Viva o Cerrado, viva o PE da Serra do Rola-Moça, viva a biodiversidade, viva a observação de aves e a Ecoavis!


Foram registradas ao todo 83 espécies de aves, um número muito bom!


Lista completa das espécies registradas em: https://ebird.org/checklist/S162802850



Imagem 3- pitanga-do-campo (Eugenia punicifolia; Foto: Otacílio Thiago); seriema e cuitelão (Fotos: Gabriel Lauci); tatu-galinha (Foto: Joaquim Barros); cachoeira-das-pitangueiras (Foto: Telmo).


Editado por Helberth Peixoto.




79 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

1 Comment


Quero fazer este percurso assim que possível!😃

Like
bottom of page